Centro Municipal de Dança


Centro Municipal de Dança da Secretaria Municipal da Cultura (SMC) articula as ações de dança de Porto Alegre, por meio da preservação da memória, do fomento à produção, formação de público, difusão e acesso às informações, atividades artístico-pedagógicas e constituição das relações com a produção em dança estadual, nacional, e internacional. O objetivo é valorizar os profissionais, promover a produção e o desenvolvimento da arte da dança, tornando-se um espaço de referência para a área na capital .


Bem Vindo!!!

28 de novembro de 2014

PROGRAMAÇÃO DE FINAL DE SEMANA - 28 À 30 DE NOVEMBRO





ESPETÁCULO SALÃO GRENÁ
ESTRÉIA DA COMPANHIA MUNICIPAL DE DANÇA  


Os ingressos estão disponíveis para retirada no Centro Municipal de Dança (Av. Erico Veríssimo,307), das 9h às 12h e das 14h às 18h.



Grená é cor. Uma cor que deu o tom para muitos salões que se distinguiam dos demais por sua atmosfera de sedução inebriante, envolvente, convidativa. Um salão avermelhado. Um espaço revestido de memórias e desejos. Um espaço para bailar, para se permitir o que fora dele era proibido. Assim se firmou o imaginário de um salão grená, que aparece nas canções de Carlos Galhardo ou Gonzaguinha, que também remete à histórica montagem de Irene Brietzke, em 1980, ou aos tradicionais clubes dançantes de Porto Alegre como os famosos A Bailanta ou Floresta Aurora. Salão Grená também foi um antigo programa da Radio Tupi do Rj, na década de 1960, quando enchia a madrugada de poesia e romance, ao som de boleros, tangos e serestas. Nosso Salão Grená é esse espaço onde se projetam danças e sonhos. Um salão por vezes esquecido e empoeirado por onde se empilham cadeiras e lembranças e promessas, onde os corpos dançantes promovem encontros e movimentos inesperados. Um salão que se reveste de passado, reinventa o presente e projeta o futuro repleto de momentos e nuances possíveis que se prolongam para além da noite e das melodias. Um convite para fazer bailar pensamentos e emoções. Afinal a cidade é o palco desse grande baile!



Informações: 3289.8063.








2º ENCONTRO ESTADUAL DE DANÇA DO RIO GRANDE DO SUL



O Encontro Estadual de Dança do Rio Grande do Sul surgiu a partir de um diálogo da Coordenação de Dança do Instituto Estadual de Artes Cênicas com diversas entidades do setor, que resultou na realização do 1º Encontro, em outubro de 2013, organizado em parceria com representantes dessas entidades. Essa parceria se repete nesta  2ª edição, que ocorrerá entre os dias 27 e 30 de novembro, na Casa de Cultura Mario Quintana, Centro Cultural Érico Veríssimo, Praça da Alfândega e Parque Farroupilha.

O Encontro é uma das demandas do Plano Setorial de Dança do RS, buscando ser um espaço de diálogo entre artistas, produtores, professores, estudantes, coreógrafos, diretores e gestores, bem como apresentar ao público a diversidade da produção do estado. O Plano, documento criado pelo Colegiado Setorial, será lançado no primeiro dia do encontro.

Com o objetivo de contemplar a abrangência da produção, a programação contará com apresentações de escolas, grupos de formação, universidades, companhias e grupos amadores e profissionais. Este ano, teremos a inclusão de seis grupos de habilidades mistas. Com o intuito de promover o debate, serão realizados dois seminários tendo com temas “Formação e mercado de trabalho” e “Representatividade e políticas públicas”. Ocorrerá também a oficina "Iniciação a Elaboração de Projetos Culturais”, reunião do Colegiado Setorial, intervenções em espaços alternativos na rua e na Casa de Cultura Mário Quintana. O Centro Cultural Érico Veríssimo também receberá parte da programação, toda gratuita.








OFICINA CORPO HORIZONTAL









ESPETÁCULO CONTOS E DANÇAS DO LESTE








ESPETÁCULO ESPÍRITO DA DANÇA



27 de novembro de 2014

Companhia Municipal de Dança estreia domingo no Araújo Vianna





O primeiro espetáculo da Companhia Municipal de Dança de Porto Alegre "Salão Grená", será apresentado no domingo, 30, às 20h no auditório Araújo Vianna. A companhia é resultado de uma parceria entre as secretarias de Educação e Cultura.  Os ingressos para o espetáculo começam a ser distribuidos gratuitamente nesta quinta-feira, dia 20, no Centro Municipal de Dança (Av. Erico Veríssimo, 307), das 09h às 12h e das 14h às 18h. Mais informações sobre a retirada de ingressos pelo telefone: (51) 3289-8063.

História -  Desde 1940 a classe artística de Porto Alegre projeta caminhos para que a capital gaúcha tenha a sua Companhia Municipal de Dança. O projeto começou a se tornar realidade em 1995, quando a primeira Conferência Municipal de Cultura colocou a criação da Companhia entre as suas pautas. A partir daí, estas assembleias, que traziam as principais reivindicações a partir de demandas da classe artística, já apontavam para a necessidade de profissionalização da dança na capital. O piloto começou no  primeiro semestre deste ano, quando a Companhia abriu edital de seleção. Em  junho já começou a trabalhar com os 20 bailarinos selecionados. Essa conquista reflete a intensa produção independente da dança na capital gaúcha e sua qualidade. Hoje, segundo levantamento realizado em 2012 pelo Centro Municipal de Dança, são mais de 12 mil alunos gaúchos matriculados em escolas de dança que procuram se especializar no segmento. Somente em Porto Alegre, são 82 grupos e 53 escolas que formam ou desenvolvem bailarinos. “Existe uma grande demanda de formação e atuação de dançarinos em Porto Alegre. Somos um centro de excelência de artistas da dança. Por isto é tão importante esse reconhecimento da área na esfera pública”, comenta Roque Jacoby, Secretário da Cultura de Porto Alegre.

Para o coordenador de Dança da secretaria e diretor-geral da companhia, Airton Tomazzoni, o corpo de bailarinos selecionado para Companhia, que reúne intérpretes com formação em balé, danças urbanas, sapateado americano, jazz e danças de salão, é um dos grandes diferenciais do projeto. Além disso, muitos integrantes possuem trajetória profissional no Brasil e no exterior, atuando ao lado de outros oriundos da de escolas públicas da periferia ou em início de carreira. “Ter esta diversidade nos dá um material muito rico para trabalhar. São trocas e diálogos enriquecedores no dia a dia. O desafio é amplo, mas já podemos perceber que o sabor é especial, principalmente porque conseguimos nos diferenciar entre as companhias municipais e estaduais do Brasil, que normalmente são mais focadas em apenas um estilo de dança”, avalia Tomazzoni.

O projeto piloto inclui ainda a criação da Escola Preparatória de Dança na periferia, que já atende gratuitamente 200 alunos na sede localizada na Escola Municipal Loureiro da Silva, na Vila Cruzeiro. Para além do valor social, a Escola Preparatória é um grande incentivo a potenciais artistas que, já na infância, se identificam com a dança e que podem, a partir de seus aprendizados neste ambiente, fazer a opção pela dança como profissão. Segundo a Secretária  da Educação, Cleci Jurach, existem várias formas de se trabalhar o ensino e aprofundar conhecimentos. A dança é uma delas. "Talvez a mais lúdica e sonhadora. Ao aceitarmos o desafio da Instituição da Cia Municipal de Dança de Porto Alegre, levamos em consideração os maravilhosos projetos de dança desenvolvidos nas escolas da Rede Municipal de Ensino de nossa cidade e a oportunidade, talvez única que estes artistas teriam de aprimorar sua arte. Um ano se passou e muitos outros virão", destaca a secretária.
 
Além do desafio de criar uma metodologia entre os artistas e alinhar o trabalho dos bailarinos com experiências e talentos distintos, a Companhia Municipal de Dança também precisa lidar com seu pioneirismo na esfera pública. “Além de nos constituirmos como grupo, precisamos entender como funciona uma Companhia oficial dentro do município, passando pela compreensão de trâmites, protocolos e exigências institucionais”, revela Tomazzoni. O processo, no entanto, não intimida o grupo com mais de 80 artistas e técnicos, que está prestes a apresentar para a população de Porto Alegre o primeiro resultado de seu trabalho.

A montagem -  “Salão Grená”  tem direção coreográfica de Eva Schul e Fernando Campani. A inspiração vem dos salões de bailes de Porto Alegre, do imaginário dos salões que aparecem na MPB (nas canções de Carlos Galhardo e do homônimo programa de rádio da Tupi na década de 1960) e também à histórica montagem da diretora gaúcha Irene Brietzke, em 1980. “A ideia é trabalhar a cidade como um grande salão de baile. Também procuramos fazer uma metáfora da nossa cidade, que sempre está cercada por relações de dualidade como contemporaneidade x província, popular x erudito, global x bairrista. Nossa missão é traduzir essa identidade cultural para o palco com um grande baile”, conta Tomazzoni.

Para os coreógrafos Eva Schul e Fernando Campani este é um grande momento para a comunidade cultural e para a população de Porto Alegre. “Pela primeira vez, temos um corpo de baile oficial que representa a nossa cidade. Queremos fazer um grande espetáculo e, principalmente, fazer jus a essa espera de tantos anos”, comenta a dupla.

20 de novembro de 2014



PROGRAMAÇÃO DE FINAL DE SEMANA - 21 A 23 DE NOVEMBRO





Nessa sexta e sábado tem mais da 
I Mostra de Artes Cênicas e Música do Teatro Glênio Peres

Não deixe de conferir!








5º MOSTRA DE DANÇA DE CACHOEIRINHA DANÇARTE








ESPETÁCULO CONTOS E DANÇAS DO LESTE


Contos e Danças do Leste é a produção de Teatro e Danças Árabes dos 19 anos da Cia Teatral Macktub encenada com contos dos filósofos Rumi, Gibran, Nasrudin e Sufis, acompanhados por belas performances coreográficas orientais. 

No elendo: Cadu Bonato e Tatiane Sancho.
                Roteiro e Direção da dançarina oriental Nurah Said.
                Produção da Cia Teatral Macktub e Márcia Trainini.

                Teatro Bruno Kiefer - CCMQ - Rua dos Andradas, 736 - 6º andar.
                Dia 29 e 30/11/14 às 21:00hs.
                Ingresso: R$40,00
                Idosos e estudantes : 50% de desconto

                Informações: 3381-6821 / 9965-7569






DANÇA DE MATRIZ AFRICANA
23 de novembro (domingo)



OFICINA COM DANIEL AMARO
16h às 18h30

APRESENTAÇÃO
20h30
Espetáculo ‘RIO DE SANGUE’
Cia de Dança Afro Daniel Amaro (Pelotas)
abertura: Solo ‘PERCURSOS’ - Roberta Campos
Ingressos: R$ 20 inteira| R$ 10 meia





ESPETÁCULO OS QUATRO ELEMENTOS


19 de novembro de 2014

Companhia Municipal de Dança de Porto Alegre estreia montagem no dia 30/11 no Auditório Araújo Vianna








O primeiro espetáculo da Companhia Municipal de Dança de Porto Alegre "Salão Grená", será apresentado no domingo, 30, às 20h no auditório Araújo Vianna. A companhia é resultado de uma parceria entre as secretarias de Educação e Cultura.  Os ingressos para o espetáculo começam a ser distribuidos gratuitamente nesta quinta-feira, dia 20, no Centro Municipal de Dança (Av. Erico Veríssimo, 307), das 09h às 12h e das 14h às 18h. Mais informações sobre a retirada de ingressos pelo telefone: (51) 3289-8063.

História -  Desde 1940 a classe artística de Porto Alegre projeta caminhos para que a capital gaúcha tenha a sua Companhia Municipal de Dança. O projeto começou a se tornar realidade em 1995, quando a primeira Conferência Municipal de Cultura colocou a criação da Companhia entre as suas pautas. A partir daí, estas assembleias, que traziam as principais reivindicações a partir de demandas da classe artística, já apontavam para a necessidade de profissionalização da dança na capital. O piloto começou no  primeiro semestre deste ano, quando a Companhia abriu edital de seleção. Em  junho já começou a trabalhar com os 20 bailarinos selecionados. Essa conquista reflete a intensa produção independente da dança na capital gaúcha e sua qualidade. Hoje, segundo levantamento realizado em 2012 pelo Centro Municipal de Dança, são mais de 12 mil alunos gaúchos matriculados em escolas de dança que procuram se especializar no segmento. Somente em Porto Alegre, são 82 grupos e 53 escolas que formam ou desenvolvem bailarinos. “Existe uma grande demanda de formação e atuação de dançarinos em Porto Alegre. Somos um centro de excelência de artistas da dança. Por isto é tão importante esse reconhecimento da área na esfera pública”, comenta Roque Jacoby, Secretário da Cultura de Porto Alegre.

Para o coordenador de Dança da secretaria e diretor-geral da companhia, Airton Tomazzoni, o corpo de bailarinos selecionado para Companhia, que reúne intérpretes com formação em balé, danças urbanas, sapateado americano, jazz e danças de salão, é um dos grandes diferenciais do projeto. Além disso, muitos integrantes possuem trajetória profissional no Brasil e no exterior, atuando ao lado de outros oriundos da de escolas públicas da periferia ou em início de carreira. “Ter esta diversidade nos dá um material muito rico para trabalhar. São trocas e diálogos enriquecedores no dia a dia. O desafio é amplo, mas já podemos perceber que o sabor é especial, principalmente porque conseguimos nos diferenciar entre as companhias municipais e estaduais do Brasil, que normalmente são mais focadas em apenas um estilo de dança”, avalia Tomazzoni.

O projeto piloto inclui ainda a criação da Escola Preparatória de Dança na periferia, que já atende gratuitamente 200 alunos na sede localizada na Escola Municipal Loureiro da Silva, na Vila Cruzeiro. Para além do valor social, a Escola Preparatória é um grande incentivo a potenciais artistas que, já na infância, se identificam com a dança e que podem, a partir de seus aprendizados neste ambiente, fazer a opção pela dança como profissão. Segundo a Secretária  da Educação, Cleci Jurach, existem várias formas de se trabalhar o ensino e aprofundar conhecimentos. A dança é uma delas. "Talvez a mais lúdica e sonhadora. Ao aceitarmos o desafio da Instituição da Cia Municipal de Dança de Porto Alegre, levamos em consideração os maravilhosos projetos de dança desenvolvidos nas escolas da Rede Municipal de Ensino de nossa cidade e a oportunidade, talvez única que estes artistas teriam de aprimorar sua arte. Um ano se passou e muitos outros virão", destaca a secretária.
 
Além do desafio de criar uma metodologia entre os artistas e alinhar o trabalho dos bailarinos com experiências e talentos distintos, a Companhia Municipal de Dança também precisa lidar com seu pioneirismo na esfera pública. “Além de nos constituirmos como grupo, precisamos entender como funciona uma Companhia oficial dentro do município, passando pela compreensão de trâmites, protocolos e exigências institucionais”, revela Tomazzoni. O processo, no entanto, não intimida o grupo com mais de 80 artistas e técnicos, que está prestes a apresentar para a população de Porto Alegre o primeiro resultado de seu trabalho.

A montagem -  “Salão Grená”  tem direção coreográfica de Eva Schul e Fernando Campani. A inspiração vem dos salões de bailes de Porto Alegre, do imaginário dos salões que aparecem na MPB e também da tradição dos cabarets de Kurt Weill. “A ideia é trabalhar a cidade como um grande salão de baile. Também procuramos fazer uma metáfora da nossa cidade, que sempre está cercada por relações de dualidade como contemporaneidade x província, popular x erudito, global x bairrista. Nossa missão é traduzir essa identidade cultural para o palco com um grande baile”, conta Tomazzoni.

Para os coreógrafos Eva Schul e Fernando Campani este é um grande momento para a comunidade cultural e para a população de Porto Alegre. “Pela primeira vez, temos um corpo de baile oficial que representa a nossa cidade. Queremos fazer um grande espetáculo e, principalmente, fazer jus a essa espera de tantos anos”, comenta a dupla.


13 de novembro de 2014



PROGRAMAÇÃO DE FINAL DE SEMANA - 14 À 16 DE NOVEMBRO





AULA ESPECIAL DE RITMOS DE SALÃO


Venha dançar e se divertir em uma aula bem animada onde iremos dançar músicas de filmes e de Ritmos de Salão.
Também iremos confraternizar e fazer alguns sorteios super especiais!
Se poder traga alguns comes (frutas, salgados ou doces) e bebes (sucos, espumantes, refri)!
Vamos dançar, confraternizar e se divertir!

Neste dia teremos algumas promoções super especiais!



Fernando Campani – (51) 9397-1919
Professor de dança, Diretor do Studio Fernando Campani, Criador e coordenador do Cruzeiro Royal Dance,
Diretor coreográfico da Cia Municipal de Dança de Porto Alegre, Diretor da Cia de Dança Fernando Campani,
Palestrante, Consultor de dança, entretenimento e qualidade de vida.
“DANÇAR É VIVER BEM”






DANÇA TECE O TEMPO









Torres-Piazzolla, Entre Sueños & Realidad


Espetáculo de estreia da companhia dirigida por Pablo Torres estreia dias 13 e 14 de novembro no Teatro Novo DC

A música de Astor Piazzolla, uma das uma das maiores expressões artísticas que a Argentina já deu ao mundo serve de inspiração para o bailarino Pablo Torres criar o espetáculo Torres-Piazzolla, Entre Sueños & Realidad, que a Pablo Torres Companhia de Dança apresenta dias 13 e 14 de novembro, às 21h, na Sala Carmem Silva, Teatro Novo DC, em Porto Alegre. A montagem marca a estreia do bailarino - que já dançou ao lado de estrelas internacionais com Julio Bocca, Paloma Herrera, Alessandra Ferri, Iñaki Urlezaga , Maximiliano Guerra, entre outros – na condição de coreógrafo, a frente de sua própria companhia de dança, recentemente criada.
Torres – Piazzolla Entre Sueños e Realidad é um espetáculo de dança neoclássica que reúne o balé, a dança contemporânea e o tango, tendo como inspiração a música de Astor Piazzolla. É coreografado e dirigido pelo bailarino argentino Pablo Torres, que também protagoniza o espetáculo, acompanhado de um corpo de baile.
O espetáculo retrata a historia de seres conectados por sonhos compartilhados, em que cada personagem não sabe se é verdade o que esta acontecendo ou se realmente estão compartilhando o mesmo sonho. Um sonho pleno de paixão, em que as coreografias se alternam de forma linear, com harmonia, versatilidade, acompanhados pela música de Astor Piazzola.
Os ingressos antecipados podem ser adquiridos nas Lojas Bunitélia (2° piso, Shopping Praia de Belas, Andradas, 1001, lj 231), de segunda a sábado, das 9h às 20h, e aos sábados das 9h às 17h (confira valores no Serviço).
 Sobre Pablo Torres
Sua trajetória inclui estudos de ballet clássico no Instituto Superior de Arte do Teatro Colon de Buenos Aires. Atuou profissionalmente nas seguintes companhias: Ballet Contemporâneo do Teatro San Martin de Buenos Aires, Ballet de La Província de Salta, Ballet Argentino e Ballet Concierto de La Plata, dançando ao lado de estrelas internacionais com Julio Bocca, Paloma Herrera, Alessandra Ferri, Iñaki Urlezaga , Maximiliano Guerra. Em 1999 é nomeado como Interesse Cultural pelo Ministério de Desenvolvimento Humano da Subsecretaria de Cultura (San Juan/Argentina), e, por  dois  anos consecutivos, é agraciado pela Presidência da Nação com o Prêmio Cultura Excelência Bolsas de Estudo em Danças Clássicas.
Sobre Piazzolla


FICHA TÉCNICA:
Direção Artística e Coreografias: Pablo Torres
Assistente de Direção: Lísia Di Prímio
Bailarinos: Bruna Soares, Geórgia Macedo, Gracielli Lottuada, Jaqueline Duarte Rita, Pablo Torres, Caleo Alencar, Fernando Queiroz
Figurinos: Juliana Macedo
Projeto Gráfico: Lara Krenzinger
Fotos: Felipe Ramalho by Estudio HALUZ
Assessoria de Imprensa: Silvia Abreu Consultoria Integrada de Marketing
Direção de Produção e Administração: Silvia Abreu
Assistente de Produção: Lísia Di Prímio
Apoio Cultural: TV E - Rádio FM Cultura – Arco - Força Sindical – Instituto Girassol Canal Você  - Tanguera Estudio de Danza – Pousada dos Sambaquis


  Realização: Lírio Produções & Silvia Abreu Produções Artísticas & Culturais

SERVIÇO:
Quê: Estreia do espetáculo “Torres-Piazzolla, Entre Sueños & Realidad”, com a Pablo Torres Companhia de Dança
Quando: Dias 13 (quinta) e 14 (sexta) de novembro de 2014, às 21h
Onde: Sala Carmem Silva, Teatro Novo DC (Rua Frederico Mentz, 1561, Navegantes), em Porto Alegre
Quanto: Ingressos antecipados podem ser adquiridos nas Lojas Bunitélia (2° piso, Shopping Praia de Belas, Andradas, 1001, lj 231), de segunda a sexta, das 9h às 20h, e aos sábados das 9h às 17h, nos seguintes valores: Plateia baixa R$ 40,00 - Plateia alta R$35,00 - Estudantes e idosos R$20,00. No dia: Plateia baixa R$45,00 - Plateia alta R$40,00 - Estudantes R$25,00 Idosos R$ 20,00








BIODANZA











OFICINA CORPO HORIZONTAL
com Douglas Jung e Coletivo Moebius




Para esta oficina, o Coletivo Moebius prepara uma visita guiada à prática da dança horizontal (técnicas de dança no chão) e a algumas das estratégias da pesquisa de movimento aplicadas durante o processo de criação de sua mais nova peça, dirigida por Douglas Jung.

Dentre os aspectos da dança horizontal a serem experimentados durante a oficina estão o peso e a ação da gravidade, a consciência dos apoios e os pontos de contato com o piso, o tamanho e a forma da estrutura corporal, as espirais e as ondulações em deslocamento.

Em paralelo às questões técnicas pertinentes, o Coletivo Moebius propõe a experimentação da sensorialidade na dança horizontal, no intuito de que cada participante consiga ir além da experiência e da compreensão da técnica, mas também seja imerso nas possibilidades do seu próprio corpo em contato com diferentes tarefas e imagens para o movimento.

A oficina Corpo Horizontal é parte das ações de exposição do processo de pesquisa do Coletivo Moebius, que realiza seu primeiro ensaio aberto na noite do dia 29/11, após o término da oficina.

Para participação na oficina, é necessária prévia experiência em dança e ter breves noções de dança horizontal.

As vagas para a oficina são limitadas e a inscrição antecipada garantindo a vaga deverá ser efetuada até 27/11 mediante comprovação de depósito bancário. Caso sobrem vagas, haverá a possibilidade de inscrição na hora.

A oficina será realizada em um encontro de 3 horas. As vagas são limitadas.
Mais informações pelo email contato.coletivomoebius@gmail.com

Dia: Sábado, 29 de novembro de 2014.
Horário: das 16:30h às 19:30h
Local: Casa Cultural Tony Petzhold – Av. Cistóvão Colombo, 400 – Porto Alegre/RS
Investimento: R$ 40,00 (depósito antecipado até 27/11); R$ 70,00 (no dia)
Dados bancários para depósito: SOLICITE PELO EMAIL contato.coletivomoebius@gmail.com

IMPORTANTE: A inscrição será realizada a partir da confirmação do depósito bancário no valor integral. O comprovante deverá ser encaminhado para contato.coletivomoebius@gmail.com ou apresentado no dia da oficina. Pagamento na hora somente em dinheiro








2º ENCONTRO ESTADUAL DE DANÇA DO RIO GRANDE DO SUL





INSCRIÇÕES ABERTAS PARA MOSTRA ASGADAN e SATED
Regulamento no blog do IEACen: http://ieacen.wordpress.com/2014/11/03/inscricoes-para-a-mostra-coreografica-asgadan-e-satedrs/




INSCRIÇÕES ABERTAS PARA OFICINA DE INICIAÇÃO A ELABORAÇÃO DE PROJETOS CULTURAIS  
com o Wagner Ferraz

As inscrições podem ser realizadas até as 23h59m do dia 21 de novembro, pelo blog http://ieacen.wordpress.com/about/




6 de novembro de 2014

 

PROGRAMAÇÃO DE FINAL DE SEMANA - 07  À 09 DE NOVEMBRO

Restinga Crew comemora uma década de batalhas



O Restinga Crew ultrapassa uma década de idade e comemora 11 anos. Para marcar a trajetória, o grupo de danças urbanas realiza, dia 09 de novembro, workshops, shows e batalhas na Casa de Cultura Mário Quintana. Os jurados Julinho Rc, Mathias, Aluísio, Driko, Marcelo Gomes, Gerson e Flow Shame estarão de olho nos desafiantes.
Às 8h30min inicia as inscrição (Popping, Hip Hop Freestyle, House e Breaking), para todos os workshops, o custo é de 30 reais, 15 reais é o preço unitário. Os participantes receberão certificado em todas as modalidades.
Às 13h iniciam os shows com: Familia Preto Bom, Restinga Crew, Nitro Di e Jeroquis, e Batalhas, com os seguintes juízes: a Breaking 2 vs 2 terá como jurados Gerson Afrobreak, Julinho Rc e Flow Shame,a batalha do Popping 1 vs 1 terá Marcelo Gomes no julgamento, o Hip Hop Freestyle conta com o olhar de Driko, Mathias e Aluísio, e finalmente, a Power Tricks terá Julinho Rc, Gerson Afrobreak e Flow Shame como julgadores.
O evento inclui ainda a eliminatória Rival x Rival RS. Quem sair vitorioso no Breaking 2vs2 será premiado com passagem aérea de ida e volta e uma vaga com alojamento para Diadema, São Paulo.



PROGRAMA DE ESTUDOS EM PERFORMANCE
 em parceria com a Sala 209/Eduardo Severino Cia de Dança.

Taipei Remix é um ciclo de nove sons/canções multidisciplinares criados através da mistura de vídeo e material de áudio coletado durante 2013, com impressões escritas, dança e performance musical. As nove músicas são respostas poéticas a questões de agência pessoal e cultural, bem como à experiência potente de testemunhar o local de um desastre natural em Taiwan. Juntas, as canções criam um arco emocional para formar um trabalho semelhante à experiência de ouvir um álbum antes de o 'shuffle' ter sido inventado.
SOBRE MICHELLE OUTRAM
            Michelle desenvolve um trabalho combinando dança / movimento, som, instalação e projeção de vídeo. Ela é licenciada em Estudos da Performance pela Universidade de Sydney e foi professora na Edith Cowan University, na Austrália.  Ela é Australiana e está  radicada em Londres, onde desenvolve a maioria dos seus trabalhos artísticos.
SERVIÇO:
Título da performance: Taipei Remix | A Song Cycle
Performance, video/design de projeção, som & texto: Michelle Outram
Desenvolvimento de Software: Simon Wise
Administrador de sistema: Peter Dreisiger
Data: 07 e 08 de novembro as 21 horas
Local: Sala 209 da Usina do Gasômetro
Ingresso: 10 reais – preço único
Haverá conversa com a artista após as apresentações.








FELDENKRAIS - ATIVIDADES GRATUITAS 

 PROJETO AUTONOMIA VITAL PARA TODOS PELO MÉTODO FELDENKRAIS







OFICINA GRATUITA DE DANÇA PARA MULHERES QUE TIVERAM OU TEM CÂNCER












CORAÇÃO FLAMENCO: AÇÃO COLABORATIVA
AÇÃO ENTRE AMIGOS!!!!!!!!!!!!!!
Este conjunto de ações apoiará a viagem da profe Dani Zill para Jerez e Madrid,
onde realizará cursos formativos de dança flamenca durante 1 mês!!
Tem rifa, brechó, shows e bazar! Confira a agenda no final deste email!!


Nascida em Erexim em abril de 1978, Daniele teve a arte presente em sua vida desde muito cedo. Sua formação iniciou como musicista, em 1983 incentivada por sua família, com apenas 5 anos. Conclui em 1994 seus estudos em Piano Clássico, Teoria Musical, Solfejo, Harmonia e História da Música. Dedicou-se ao ensino de música para crianças dos 15 aos 17 anos e além da paixão pelo piano, também toca flauta doce e variados instrumentos de percussão. 

A dança é um processo mais recente na sua vida artística, sendo um marco sua vinda para Porto Alegre, com apenas 17 anos. A partir de 1996 fez aulas de dança árabe, praticou capoeira e boxe. Iniciou seus estudos na Arte Flamenca com a bailarina e coreógrafa Andrea Del Puerto em 1999 e nunca mais se afastou. Desde 2001, vem investindo continuadamente nessa formação e atuando como professora, bailarina, coreógrafa e mais recentemente como produtora do coletivo ‘Del Puerto’. Além disso, em paralelo, realizou formação acadêmica em Fisioterapia e especializações em Reeducação Postural e do Movimento, Shantala e em Acupuntura Chinesa.

Com os queridos parceiros de Companhia, vem tendo sua dedicação consagrada: recebeu o 1º Prêmio Açorianos de Dança, concedido a um espetáculo exclusivamente flamenco – por ‘TABLAO’, em 2008, onde além de dançar, tocava cajón, palmas e executava coros. E em 2012, em outro fato inédito, recebeu mais 8 Prêmios Açorianos, por ‘LAS CUATRO ESQUINAS’, espetáculo onde atua e produz.

Além disso, trabalha como ‘anjo’ no Festival Porto Alegre em Cena, participa como artista convidada em espetáculos e projetos de outros coletivos artísticos e por duas vezes já participou como jurada do Prêmio Açorianos de Dança.

Pesquisa, observação e contemplação da arte flamenca fazem parte de sua rotina e ela quer ainda mais. Já cursou disciplinas do Programa de Pós Graduação em Artes Cênicas da UFRGS, sendo uma em 2012 e outra agora em andamento em 2014 (ambas qualificadas por edital de seleção), no qual pretende também prestar prova de admissão para o mestrado na área, com o objetivo maior de inserir o flamenco no contexto acadêmico.

Em 2012, numa atitude de coragem e de muita expectativa, abdicou da carreira de fisioterapeuta que seguia em paralelo com o flamenco já há alguns anos, para se dedicar integralmente a atuação e ao ensino da arte flamenca. Inesperadamente há 7 anos atrás, quando recebeu essa herança cultural de sua grande amiga Andrea Del Puerto, não imaginava esse desfecho, mas hoje não se vê em outra atividade ou outro caminho que não seja o flamenco.

É sem dúvida uma agitadora cultural, batalhadora incansável pela valorização da dança e do flamenco, como manifestação artística universal e indiscutível.
E 2014 está sendo realmente especial: além de ser o ano comemorativo dos 15 anos da sua amada Del Puerto e de estar repleto de atividades tanto da escola como da companhia, ela acaba de ganhar de sua tia Carla, por uma imensa coincidência e generosidade do destino, passagens de ida e volta para a Espanha, já previstas para entre os meses de fevereiro e março de 2015Época, justamente na qual se realiza o renomado Festival de Jerez e na sequencia, o Ciclo de Formação em baile flamenco da bailaora ‘La Truco’, em Jerez e em Madrid respectivamente, polos mundiais do flamenco e destinos de profissionais e aficcionados dessa arte.

Mas para que esta viagem inesperada seja realizada de maneira total, será necessário alcançar outra parte da previsão de custos, que contemple valores de hospedagem, deslocamentos, alimentação e investimento nos cursos tanto do festival, como do ciclo de formação. 
*RIFA
UMA 'AÇÃO ENTRE AMIGOS', de valor único e que premiará pelo menos 5 conjuntos de recompensas (de valores similares e não decrescentes), independentemente da contribuição (que vai ser de valor único de R$20,00). Assim sendo, será o acaso e não a ‘quantia’ que determinará a sorte dos ganhadores! 

A LISTA DE PRÊMIOS É FAN-TÁS-TI-CA!!!
*Vestido exclusivo La Negra
*bolsa para o curso de técnica de La Truco (em janeiro na Del Puerto)
*80 pontos em produtos Natura
*uma mensalidade no mês de março de 2015 na Escola Del Puerto
*uma matrícula no mês de março de 2015 na Escola Del Puerto
*pocket show flamenco+performance circo Ana Medeiros, Dani Zill e Roberta Alfaya (vamos na sua casa/evento em Porto Alegre)
*Pocket show + CD EmFrente Fernando Sessé (vamos na sua casa/evento em Porto Alegre)
*kit de 4 aulas particulares com a profe Dani Zill (datas a marcar)
E mais prêmios ainda estão por vir!!! 

*Bazar Natura e Brechó: permanentes, na sede da Del Puerto.
*Show Coração Flamenco: dia 14/11/2014, no Tablado Andaluz (aguarde divulgação).

**Para depósitos em conta corrente, por favor solicite os dados.

Estamos muito confiantes e contando com o apoio de todos que acompanham seu trabalho e sua paixão pelo flamenco.
Desde já, imensa gratidão!!
Dani Zill e equipe Del Puerto














XVI FESTIVAL DE DANÇA DO VENTRE DO RIO GRANDE DO SUL


3 de novembro de 2014

8 TEMPOS DANÇA DE SALÃO FECHA O PROJETO QUARTAS NA DANÇA DE 2014


Na próxima quarta-feira, dia 05 de novembro, acontece a última edição do projeto Quartas na Dança 2014. O espetáculo ”Sons de Liverpool (prólogo) + Pétalas”, da 8 Tempos Dança de Salão  - unidades Curitiba e Porto Alegre -  fecha a programação do ano.
            No primeiro ato será apresentado o prólogo do espetáculo Sons de Liverpool, inspirado no rico universo dos Beatles e na diversidade de gêneros de Dança de Salão. O grupo de Dança Oito Tempos aproveita releituras de músicas da famosa banda inglesa para representar as diferentes linguagens da dança em par e suas variantes.
            Já o espetáculo Pétalas, usa a referência do ciclo de vida de uma flor para falar do relacionamento humano, tendo como inspiração para cada de suas coreografias a poesia presente nas musicas do grande intérprete e compositor brasileiro Djavan.
  A apresentação será no Teatro Renascença (Av. Érico Veríssimo, 307), às 20 horas, com ingressos a R$ 10,00 (50% de desconto para estudantes, maiores de 60, classe artística e Clube do Assinante ZH). O Projeto Quartas na Dança é uma iniciativa do Centro de Dança da Secretaria da Cultura de Porto Alegre com promoção do Clube do Assinante ZH.

Outras informações podem ser obtidas através do tel. 3289-8063, ou pelo e-mail (tomazzoni@smc.prefpoa.com.br).